Estão abertas as inscrições para o 4° Curso Livre de Esperanto pelo Facebook. As aulas são gratuitas e terão início no dia 22 de fevereiro. O término está previsto para 17 de maio. As lições são voltadas especificamente para falantes da língua portuguesa. As inscrições se encerram em 20 de fevereiro. Para se matricular, o interessado precisa entrar no Facebook, e aderir ao grupo Libera Kurso de Esperanto. A organização é do grupo Monda Lingvo.
     
   
Usuários de iPhone agora podem digitar textos com os caracteres do esperanto no teclado do sistema iOS. O norte-americano Chuck Smith criou uma versão esperantista para a digitação direta nos aplicativos em uso. Essa era uma reivindicação antiga. Desde 2012, o sistema Android contemplava a Língua Internacional neutra. Smith declarou ao site Libera Folio que, somente após o lançamento do sistema operacional iOS 8, a Apple permitiu o desenvolvimento do programa. O download no entanto é pago devendo ser feito na App Store. Como o produto foi desenvolvido especialmente para iPhone, não se sabe se funciona com perfeição em iPad.
     
   
O presidente da Organização Mundial da Juventude Esperantista (TEJO), Lukasz Zebrowski, fará uma visita ao recém-construído Centro de Esperanto de Rumonge, no Burundi. A visita àquele país situado no centro da África tem como objetivo levar auxílio para a nova instituição. Serão doados computadores, máquinas fotográficas e outros aparelhos eletrônicos. Detalhes no site www.tejo.org.
     
   
A Associação Nepalesa de Esperanto e a Organização da Juventude Esperantista do Nepal criaram a revista Montejo. A decisão foi anunciada em reunião ocorrida no último dia 10 de janeiro. O redator-chefe será Pradip Ghimire. Aceitam-se artigos sobre quaisquer assuntos, contanto que escritos na Língua Internacional neutra. O endereço eletrônico da redação é esploristo@hotmail.com.
     
   
O grupo esperantista Frateco (Fraternidade), da província de Aragão, no nordeste da Espanha, lançou o livro "Hispana Lirika Antologio". O título, em português, significa "Antologia Lírica Espanhola". A obra, ao longo de 288 páginas, apresenta o que há de mais representativo da poesia da terra de Cervantes, em tradução para o esperanto. Selecionou e traduziu o material o esperantista Antonio Marco Botella. Os textos abrangem os mais variados períodos e escolas literárias.